Polo Astronômico Itaipu vale a pena? Como Aproveitar o Passeio?

A Itaipu Binacional é uma das maiores usinas hidrelétricas do mundo. Além de ser a principal geradora de energia renovável do Brasil, a usina também abriga um ponto turístico importante de Foz do Iguaçu, o famoso Parque Tecnológico Itaipu. Lá dentro, você pode fazer vários passeios bem interessantes, como visitar o Polo Astronômico Itaipu.

O Polo Astronômico Itaipu é um centro científico focado em astronomia. Por isso, durante o passeio você pode observar planetas e constelações e conhecer alguns conceitos básicos de astronomia.

Você vai viajar para Foz do Iguaçu, mas ainda está na dúvida se você deveria visitar o Polo Astronômico Itaipu?

Então, confira a seguir todos os detalhes desse ponto turístico!

Localização

Av. Tancredo Neves, 6731 – Bairro Porto Belo, Foz do Iguaçu (PR).

Locais próximos

  • Usina de Itaipu;
  • Refúgio Biológico Bela Vista;
  • Itaipu Ecomuseu.

Conheça o Polo Astronômico Itaipu, em Foz do Iguaçu, PR

O Polo Astronômico Itaipu fica dentro do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), e é o principal atrativo do complexo.

Ele foi inaugurado em 2009 (o ano internacional da astronomia) e ganhou esse nome para homenagear o astronauta e professor Casimiro Montenegro Filho, o criador do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) e do Centro Técnico Aeroespacial (CTA), ambos em São José dos Campos.

Atualmente, o Polo Astronômico Itaipu faz parte do Minor Planet Center, um órgão da entidade máxima da astronomia mundial, a União Astronômica Internacional.

O objetivo do Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho é construir uma cultura científica por meio do turismo. Por isso, o espaço oferece atividades como: observação de planetas e constelações a olho nu e via telescópio, aulas e planetário.

Além disso, o polo também oferece cursos de formação de professores em Astronomia, visitas pedagógicas guiadas e monitoramento dos corpos menores do Sistema Solar (pesquisa).

Na parte externa, o Polo Astronômico possui um Observatório Solar Indígena, um Relógio de Sol Analemático, um Analema, uma esfera armilar e um heliógrafo.

Na parte interna, o polo conta com o Espaço Universo, onde podemos participar de algumas atividades e interagir com meteoritos, um Observatório com dois telescópios, e um Planetário com capacidade para 60 pessoas.

Como é o passeio pelo Polo Astronômico Itaipu?

Para a visita turística guiada, o Polo Astronômico Itaipu oferece uma equipe de orientadores que respondem às nossas perguntas de forma simples e bastante coerente. Por isso, durante todo o passeio nós aprendemos muitas coisas interessantes.

Confira agora os detalhes do passeio no Polo Astronômico Itaipu!

Visita externa

O passeio pelo Polo Astronômico começa passando pelas principais atrações do Parque Tecnológico Itaipu.

Então, ao chegar no polo, primeiro o guia falará sobre a história do local e depois começará com as apresentações mais focadas em Astronomia, com uma breve introdução sobre as características de cada estação do ano e uma breve explicação sobre o Sol.

A visita externa tem como principal objetivo mostrar os equipamentos montados pelo Polo Astronômico, como o Observatório Solar Indigena.

Nesse momento, nós aprendemos como os índios identificavam os solstícios de inverno, verão e os equinócios de verão e primavera. Além disso, nós também passamos pelo Relógio do Sol, onde os guias explicam como calcular as horas. Geralmente, as crianças adoram essa parte da visita!

Espaço Universo

Depois da visita externa, o primeiro local que visitamos na parte interna do Polo Astronômico é o Espaço Universo, onde há uma exposição de algumas réplicas em miniatura de sondas e naves espaciais, protótipos de planetas e simuladores do sistema solar.

Nesse espaço nós também podemos fazer um experimento bem interessante: comparar o peso de uma bola de boliche na lua e em diferentes planetas.

Além disso, há uma apresentação sobre como os meteoritos, os meteoros e outros corpos celestes são formados e como eles vêm parar na Terra.

No final, você pode ver e pegar na mão um meteorito de verdade. Embora ele pareça pequeno, não se engane, ele é pesado!

Observatório

A terceira parte do passeio fica no andar de cima, no Observatório. Ao entrar na cúpula de cerca de 6 metros de diâmetros, os guias vão te explicar um pouco sobre os dois telescópios do Polo Astronômico, um que serve para observação do sol e outro para observação noturna.

Como essa parte do passeio pode ser influenciada pelo tempo ruim, é importante olhar a previsão do tempo antes de agendar o passeio. De fato, quanto mais limpo o céu estiver, melhor. Contudo, mesmo que o tempo esteja nublado, o restante do passeio ocorre normalmente.

Planetário

Por último, o passeio pelo Polo Astronômico Itaipu termina no Planetário. O local é totalmente escuro e as poltronas são um pouco inclinadas para trás, o que torna a experiência muito confortável.

Nessa sala de projeção 360° é exibido um vídeo de cerca de 30 minutos. Ele fala sobre algumas curiosidades do universo e apresenta algumas fotos.

Essa apresentação simula que estamos dentro de uma espaçonave. As poltronas se movimentam conforme as projeções, o que torna a experiência mais real.

Além do vídeo, é projetado no teto um céu virtual que simula o que enxergaríamos a olho nu naquele dia em excelentes condições de observação. Por isso, essa projeção varia conforme a época do ano.

Vale a pena visitar o Polo Astronômico Itaipu, em Foz do Iguaçu?

Em média, o passeio pelo Polo Astronômico Itaipu, que inclui visita externa, planetário, observatório e espaço universo, tem 2h30 de duração. Embora pareça um passeio muito longo, as apresentações são muito dinâmicas e o tempo passa muito rápido.

No geral, a experiência é interessante, principalmente o experimento com bolas de boliche e a observação noturna e solar. Contudo, o vídeo apresentado é um pouco comprido. Embora o conteúdo seja interessante, ele pode ser cansativo, em especial para as crianças.

Mesmo assim, vale muito a pena visitar o Polo Astronômico Itaipu!

Atualmente, o ingresso custa R$ 30,00 por pessoa. Porém, crianças menores de cinco anos pagam apenas uma taxa de R$ 1,00.

A visita para o público geral acontece de terça-feira a domingo em quatro horários: 10h00, 12h00,14h00 e 16h00. Além disso, também é possível agendar uma visita noturna nas sextas e sábados, às 19h00.

Para fazer a visita no Polo Astronômico, você deverá chegar com pelo menos 20 minutos de antecedência ao Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu. Lá um ônibus levará você até o polo e, depois que o seu passeio acabar, ele vai levar você novamente até o centro de visitantes.

Outros passeios para fazer no Complexo Turístico Itaipu

Além do Polo Astronômico, o Complexo Turístico da usina hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), oferece outros passeios, como a visita panorâmica, o refúgio biológico e o ecomuseu.

Veja mais detalhes sobre cada um deles!

Visita panorâmica

Durante a visita panorâmica, os visitantes percorrem a usina hidrelétrica, acompanhados por um guia que conta a história e as curiosidades do local.

O passeio começa com um vídeo institucional. Em seguida, os visitantes fazem um tour com pequenas paradas em alguns pontos para ouvir explicações mais detalhadas e tirar fotos.

Além de ter contato com a natureza do complexo turístico, é possível observar a usina de diversos ângulos diferentes e conhecer o Mirante do Vertedouro e o Central, observar os condutos reforçados e a barragem.

Dependendo da operação da usina no dia do passeio, o ônibus também pode passar por cima da barragem. Assim, os visitantes terão uma vista maravilhosa do Rio Paraná e do enorme reservatório que abastece Itaipu.

Refúgio biológico

Outro passeio que pode ser feito na Itaipu Binacional no Refúgio Biológico Bela Vista. Essa unidade de proteção foi inaugurada em 1984 e é o projeto mais antigo e bem-sucedido da empresa.

O objetivo do Refúgio Biológico é preservar a fauna e a flora nativa da região. Além disso, eles também cuidam de animais resgatados do tráfico, vítimas de maus tratos, que estão em risco de extinção, entre outros casos.

Ao todo, são 50 espécies de animais e 960 gêneros de plantas que habitam nessa área de preservação.

O passeio pelo refúgio começa em uma carretinha aberta que sai do Centro de Recepção de Visitantes, contorna o Canal de Piracema até parar no refúgio. Chegando lá, os visitantes fazem uma trilha de 2 km em meio a floresta e recebem algumas lições de educação ambiental.

Ecomuseu

O Ecomuseu é um espaço interativo e com exposições originais sobre a história de Itaipu. Os cenários, maquetes, réplicas e totens eletrônicos retratam desde a ocupação da região até os projetos de conservação conduzidos pela empresa.

Um dos destaques do passeio são os espaços temáticos de água, energia e uma réplica do eixo de uma turbina em funcionamento. Além disso, também há um painel de fotos em homenagem aos trabalhadores que participaram na construção da usina.

O Ecomuseu também possui uma maquete impressionante da fronteira entre a Argentina, Brasil e Paraguai. A maquete tem 76 m² e está em uma escala 25 mil vezes menor do que o espaço original.

Nessa mesma sala, também há telas sensíveis ao toque nas paredes que exibem depoimentos dos moradores da região e 750 fios de fibra óptica que simulam um céu estrelado.

Vai viajar para Foz do Iguaçu?

Então, continue acompanhando o Mala Pronta Foz para não perder nenhuma dica de viagem!