Passeio Itaipu Vale a Pena? Tudo o que você Precisa Saber!

Ao visitar Foz do Iguaçu – localizada na região oeste do estado do Paraná – você tem a chance de conhecer o funcionamento da Usina Hidrelétrica de Itaipu, que figura entre as maiores obras construídas pela humanidade. Nesse sentido, certamente o Passeio Itaipu vale a pena.

Conhecer a Usina Hidrelétrica de Itaipu não pode faltar em seu roteiro de viagem por Foz do Iguaçu. Cumpre ressaltar que se trata da maior usina hidrelétrica do mundo, em termos de geração de energia renovável e limpa.

Mais de vinte milhões de turistas – oriundos tanto de Foz do Iguaçu quanto de todas as partes do mundo – já visitaram a Usina Hidrelétrica de Itaipu e se impressionaram com o seu tamanho.

Ela está situada em um território considerado “neutro”, à medida que pertence, simultaneamente, ao Paraguai e ao Brasil (daí o nome “Itaipu Binacional”). Um dos acessos mais comuns ao local é mediante Foz do Iguaçu, a cidade das famosas cataratas paranaenses.

Localização

Usina de Itaipu, Foz do Iguaçu, Paraná.

Locais próximos

Passeio Itaipu vale a pena? Veja quais são as atrações!

Complexo Turístico

Em sua visita, além da Usina Hidrelétrica de Itaipu, o Complexo Turístico de Foz do Iguaçu reserva muitas atrações. O Parque Tecnológico, por exemplo, gerencia atividades sustentáveis de turismo há 14 anos, empregando seus recursos como um meio de contribuir para o desenvolvimento da região.

Esse modelo de turismo foi laureado com uma importante premiação da OMT (Organização Mundial de Turismo), na categoria que engloba Inovação, Tecnologia e Pesquisa. Dessa forma, tanto a cidade de Foz do Iguaçu quanto a usina hidrelétrica ostentam o título de “Excelência em Turismo”.

Conforme mencionado, mais de vinte milhões de turistas visitaram a Usina de Itaipu Binacional. Todos os recursos são destinados às operações do Complexo Turístico.

Na atualidade, a usina emprega, somente no setor de turismo cerca de duzentas e cinquenta pessoas em Foz do Iguaçu e arredores. Isto é, sem contar a geração de energia a partir da água),

Circuito Especial

Um dos passeios de maior destaque é o chamado “Circuito Especial da Usina de Itaipu Binacional”. Tanto os turistas advindos de Foz do Iguaçu quanto de outras partes do Brasil e do mundo podem, assim, compreender melhor toda a riqueza da Usina de Itaipu Binacional.

Este roteiro em Foz do Iguaçu começa pela exibição de um curto filme acerca da construção da Usina de Itaipu Binacional, abordando o percurso que culminou na imensidão que apresenta hoje em dia.

Diferentemente da visita panorâmica, o transporte, neste passeio, é realizado pelo ônibus turístico, em Foz do Iguaçu, da Itaipu Binacional. Por meio dele, você será levado ao centro da usina, a fim de conhecer sua forma externa, interna e estrutura.

Uma semelhança com a visita panorâmica, em Foz do Iguaçu, é a presença de guias profissionais e que falam outras línguas. O objetivo é  atender aos visitantes de outras nacionalidades que desejam conhecer a Itaipu Binacional.

A continuação do trajeto pela Itaipu Binacional, depois dessa atração, consiste na visita panorâmica. Desse modo, caso realize 2 passeios junto ao Circuito Especial em Foz do Iguaçu você conhecerá melhor o interior da usina, complementando sua visitação com a visita panorâmica.

Aproveite e visite a sala de comandos de Itaipu

Certamente, a rota Itaipu Panorâmica é diferente do que a maioria dos turistas já experimentou. Isto é, o complexo turístico Itaipu, em Foz do Iguaçu, propicia a descoberta da arquitetura presente nas catedrais de concreto.

Tal roteiro, que permite vislumbrar uma Itaipu especial, permite sentir a própria pulsação da usina. Para tanto, basta tocar nas estruturas e nas paredes que direcionam as águas ao interior das turbinas.

É possível, ainda, utilizar o Circuito Especial para fazer uma visita de ônibus ao lago de Itaipu e a sala da central de comandos. Nela, os técnicos paraguaios e brasileiros monitoram, de modo integrado, a produção, separados somente por uma fronteira simbólica.

Após percorrer, em sua visita de ônibus, a estação galeria (com quase 1 km de comprimento) e o lago de Itaipu, você pode descer até o nível em que as turbinas funcionam. Ali, aproveitando a vazão das cataratas do Iguaçu, cada turbina gera cerca de 700 megawatts.

Tenha em mente, durante a sua visita à usina , que este sistema é capaz de abastecer integralmente uma cidade com quase três milhões de habitantes. Lembre-se de agendar com antecedência a visita.

Além das famosas cataratas do Iguaçu, sua visita à usina deixará memórias e emoções que você guardará por toda a vida!

Circuito Panorâmico

Conforme mencionado, este passeio é o que permite uma visita panorâmica à Usina de Itaipu. Os viajantes partem do centro de turismo até a usina, realizando paradas ao longo do trajeto, percorrendo o mirante da barragem e o mirante do vertedouro.

Nesse passeio, o ponto de partida é o mirante da barragem. No local, você pode conhecer as lojas que comercializam souvenirs da usina, bem como a cafeteria e um tranquilo espaço com excelente vista para registrar cada momento do seu passeio.

Se o mirante do vertedouro estiver aberto, ele disponibilizará, no seu passeio à usina, a possibilidade de presenciar o próprio funcionamento da usina hidrelétrica – oportunidade única em quaisquer passeios turísticos.

Tire fotos incríveis!

Neste mirante, há um dos melhores ambientes do passeio pela usina para tirar belas fotos, ao lado de um enorme letreiro com a inscrição “Itaipu Binacional”. Os passeios que podem ser feitos na segunda parada (de apenas cinco minutos) aproximam, com segurança, os visitantes da crista da barragem e do vertedouro.

Nesta posição da usina, o seu passeio (marcado com antecedência) será coroado pela vista do lago de Itaipu e uma perspectiva geral da grandiosidade representada pela Usina Hidrelétrica de Itaipu. Afinal, nem todos os passeios turísticos permitem conhecer tão de perto uma das maiores obras de engenharia do mundo, não é mesmo?

Localizada na Av. Tancredo Neves 6702, o passeio desperta a curiosidade e chama a atenção de todos os visitantes. Cumpre ressaltar que é possível programar passeios para ter uma noção mais realista da grandiosidade desta hidrelétrica, sobretudo, aqueles que proporcionam uma visão panorâmica do complexo.

Sendo assim, o seu passeio o levará a contemplar uma visão externa. De fato, isso  não é viável em outras modalidades de passeio, a fim de conhecer desde a barragem de concreto até o vertedouro. Aliás, na barragem ficam instaladas as vinte unidades geradoras de Itaipu.

O passeio, de fato, tem início no centro destinado à recepção de visitantes, com o referido filme acerca da construção de Itaipu. Os passeios do Circuito Panorâmico prosseguem com paradas no Mirante Central. Mas, a depender da dinâmica da usina, o transporte pode passar por cima de sua barragem – a vista, neste ponto, é de tirar o fôlego.

Ao visitar Itaipu de ônibus, esse passeio é quase “obrigatório”. Depois de realizar este ou outros passeios similares, você pode retornar ao centro de visitantes, finalizando o passeio pela Itaipu no Circuito Panorâmico.

Iluminação da barragem

Durante a noite, muitos turistas preferem realizar passeios que permitem vislumbrar a iluminação da barragem de Itaipu. Caso opte por este passeio – um verdadeiro espetáculo de cores e luzes – você terá uma experiência única que, inclusive, conta com fogos de artifício.

Em certas épocas do ano, o seu passeio em Itaipu será brindado, também, pela possibilidade de degustar a gastronomia local e de assistir excelentes palestras. Com efeito, os passeios incluem, ainda lindas cenas oferecidas pela energia gerada em Itaipu.

No passeio, a beleza de Itaipu, em sua paisagem, deixa todos os visitantes “de boca aberta”. Em termos práticos, todos os relatos desses passeios referem que, antes que as luzes se acendam, um vídeo é exibido em telões. Além disso, dois apresentadores contam a história de Itaipu, traduzindo-a em números.

Desse modo, o público é informado, durante essas exposições em seu passeio, de que há mais de 112 luminárias e 740 holofotes. Os passeios por Itaipu são coroados, ainda, com uma bela trilha sonora que entra em sincronia com todas as luzes, embalando os passeios em Itaipu.

A energia consumida para que tal espetáculo seja incluído em seu passeio de ônibus por Itaipu é o suficiente para abastecer, com segurança, um município de 15 mil habitantes! Então, programe os seus passeios: as luzes de Itaipu funcionam de sexta-feira a domingo, com início às 19h30.

Este passeio com apresentação de luzes dura cerca de 1h30. Bebidas e alimentação não estão inclusas nos passeios por Itaipu, de modo que você pode levar suas próprias bebidas (sem álcool) e lanches.

Refúgio Biológico

A experiência dos turistas no Refúgio Biológico é inigualável: desde o centro de recepção, você entrará em contato com um dos mais importantes locais de conscientização ecológica e preservação ambiental em seu passeio pela Tríplice Fronteira.

Chamado de “Bela Vista”, o Refúgio Biológico oferece um passeio – partindo de ônibus até o Centro de Recepção – pelo instituto de proteção animal. Esse instituto foi desenvolvido para abrigar muitos animais e plantas afetados pela criação do famoso lago de Itaipu, propiciando uma experiência inesquecível aos turistas.

Aliás, o Centro de Recepção marca, oficialmente, o início do passeio que, posteriormente, contornará o importante Canal da Piracema, em uma experiência que leva os visitantes até o princípio do Refúgio Biológico.

Como o Refúgio Biológico não fica muito distante do Rio Paraná, os turistas realizam uma caminhada de dois quilômetros no interior de uma floresta nativa – fortemente influenciada por essa proximidade com o rio. Com certeza, um passeio bem diferente daquele realizado em outras atrações, como o Polo Astronômico.

Polo Astronômico – uma atração incrível!

Com efeito, se no passeio ao Polo Astronômico é possível conhecer mais sobre os astros e corpos celestes, o passeio pela floresta nativa permite o aprendizado de muitas lições ambientais, incluindo a preservação das espécies e plantas nativas e do Rio Paraná.

Este passeio o levará por mais de trinta e cinco anos de história. Afinal, desde a recepção de visitantes, você será informado que o Refúgio Biológico é um ícone da conservação da flora e da fauna. E é  consolidado como referência a outras organizações do setor elétrico.

Devido ao fato de possuir uma área de quase 2.000 hectares de uma Mata Atlântica perfeitamente conservada, é altamente recomendável utilizar o protetor solar durante a sua visitação. A Usina de Itaipu contribui (assim como o faz no Polo Astronômico, cujo aporte em sua recepção de visitantes tem sido considerável) mediante recursos que asseguram gramíneas e áreas de pastagens.

Zoológico Roberto Lange

Como um dos principais passeios em Foz do Iguaçu, não perca a oportunidade de conhecer o Zoológico Roberto Lange, com cerca de 50 espécies de diferentes e quase 200 animais. A maior usina hidrelétrica do mundo colabora para que o espaço abrigue, por exemplo, 65 aves, 60 mamíferos e 47 répteis.

Com o fim do horário de verão, fica mais fácil programar os seus passeios em Foz do Iguaçu. Portanto, entre tais passeios, aproveite para conhecer o Zoológico e ver de perto tantos animais oriundos do criadouro da própria Usina de Itaipu, de órgãos ambientais (tais como o Ibama) e de outros zoológicos.

Outra vantagem referente ao horário de verão pode ser encontrada na exitosa programação que o Zoológico implementa para a reprodução de harpias – fenômeno que, de tão raro, não pode faltar na sua programação.

Dito de outra forma, conhecer e admirar o funcionamento da geração de energia, o Polo Astronômico ou o Mirante Central não são as únicas opções turísticas de Foz do Iguaçu e de Itaipu – seja em ônibus ou transporte próprio. O Refúgio Biológico tem a mostrar, ainda, seu enorme sucesso na reprodução em cativeiro de onças pintadas.

Até mesmo o centro de visitantes do Refúgio Biológico impressiona tanto quanto o Relógio Solar do Polo Astronômico. Lá, você fica sabendo que a instituição é líder em termos de preservação da flora, com quase mil gêneros de plantas sendo abrigadas.

Sem contar que a sua ida ao Refúgio pode ser, por exemplo, parte integrante de um roteiro de viagem mais amplo, que inclua visitas ao Polo Astronômico, ao Paraguai, à Argentina etc.

Cuidados ao visitar o Refúgio Biológico

Toda viagem requer certas precauções, não é mesmo? Ao visitar o Refúgio Biológico, no Paraná, tenha em mente que a utilização de mochilas ou bolsas grandes é proibida. Quanto às bolsas pequenas, elas são revistadas de todas as formas, incluindo detector de metais, logo na entrada.

Uma dica essencial: use calçados confortáveis. Se possível, já saia do seu hotel (ou, no máximo, do ônibus) com eles nos pés, à medida que as caminhadas são longas. Aliás, a inigualável beleza do local fará com que realmente valha a pena deixar o conforto do hotel em que estiver hospedado.

Ao programar sua viagem, considere que o horário de funcionamento do Refúgio Biológico é diferente em relação a outras atrações (como o Polo Astronômico) que você encontra nas suas viagens: a instituição fecha apenas as segundas-feiras. Nos demais dias das semanas, funciona entre as 09h30 e as 14h30. Porém, aos sábados e domingos, o horário se estende até as 15h30.

Ecomuseu

Adquirir ingressos para o Ecomuseu significa assegurar mais uma viagem para um ambiente cujo foco é a educação ambiental. Os turistas que empreendem esse tipo de viagens, geralmente, buscam formas de preservar a história e a memória da usina.

Os ingressos permitem uma viagem de cerca de uma hora pela construção. Obviamente, você pode realizar quantas viagens desejar, pois, sempre haverá coisas novas para descobrir, como textos explicativos que também são apresentados em espanhol e em inglês.

No interior do Ecomuseu, os ingressos comprados em sua viagem conferem acesso a 5 salas. Cada uma delas tem um tamanho diferente e retrata as histórias da região que circunda a Tríplice Fronteira, disponibilizando opções de aprendizado desde a pré história até os tempos atuais.

Caso prefira, é possível utilizar transporte público para chegar ao Ecomuseu e encontrar painéis, maquetes e artigos históricos que explicam, com riqueza de detalhes, como uma obra de engenharia tão importante tem sido capaz de utilizar a água para transformar a vida das pessoas.

Trata-se, em grande parte, de um ótimo ponto de partida para adquirir aprendizados e conhecimentos sobre a estrutura da usina, sua obra, a geografia do local e como a água pode ser utilizada de maneira sustentável para a geração massiva de energia.

Então, Passeio Itaipu vale a pena?

Sem dúvida que visitar Itaipu vale a pena.

Após a leitura desse artigo, certamente você ficará empolgado em visitar Itaipu e outras excelentes atrações que a região de Foz do Iguaçu oferece!

Perguntas e respostas

Quanto custa para visitar usina de Itaipu?

Considerando a visita panorâmica u2013 que é a mais popular u2013 o site oficial da atração estabelece os seguintes valores: R$ 20,00 para adultos (a meia entrada é de R$ 10,00). Por sua vez, o Circuito Especial custa R$ 51,00 para adultos (com meia entrada de R$ 25,50).

Como é a visita em Itaipu?

Embora seja impossível descrever em poucas palavras como é a visita, podemos afirmar que as atrações mais relevantes incluem os mirantes e a visitação ao interior da usina hidrelétrica.

Quanto tempo dura o passeio em Itaipu?

A duração depende de cada passeio, porém, ao optar pela vista panorâmica você pode conhecer toda a estrutura externa de Itaipu e os mirantes principais dentro de 1h30. O primeiro passeio ocorre a partir das 08h30, enquanto o último acontece às 16h30.