Macuco Safari Vale a Pena? Tudo o que você Precisa Saber!

Quem vai para Foz do Iguaçu e quer conhecer as Cataratas, provavelmente, já se perguntou, fazer o Macuco Safari vale a pena?

Este é um dos passeios mais tradicionais pelas grandes quedas d’água que estão dentro do Parque Nacional do Iguaçu.

Para quem não sabe, este tour inclui um passeio de barco que passa bem pertinho das cataratas. Por essa razão, fazer o passeio está no topo das prioridades de muitas pessoas que vão para Foz.

Mas será que vale a pena mesmo?

Se quiser saber mais sobre o assunto, então continue lendo o texto que escrevi! Separei ponto por ponto para que você possa ter uma ideia geral na hora de decidir, ou não, fazer o Macuco Safari.

De onde sai o Macuco Safari?

O Macuco Safari sai de dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Para ser mais exato, fica há 7 km do Centro de Visitantes das Cataratas do Iguaçu.

Por isso, é bom se programar para não chegar no parque com um horário muito apertado – já que 7 km é uma quantidade considerável de chão para se cobrir em tempo.

O ideal é chegar entre 40 minutos e 1 hora antes do horário de saída do passeio.

Parque Nacional do Iguaçu

Considerada uma das maravilhas do mundo pela UNESCO, as Cataratas do Iguaçu são talvez o maior atrativo para quem deseja visitar Foz do Iguaçu.

Com quedas d’água que variam entre 40 e 83 metros, o cenário deslumbrante faz cair o queixo de qualquer um que presencia sua beleza de perto.

No Parque Nacional, existem algumas formas de se conhecer este que é um dos maiores pontos turísticos brasileiros. Entre as opções, está o famoso Macuco Safari.

Como é o Macuco Safari?

O Macuco Safari tradicional possui duas etapas para serem completadas: uma terrestre, chamada Selva, e outra em um barco, denominada Rio.

Para fazer a aventura no Rio é obrigatório que o visitante passe pela parte Selva. Entretanto, há quem opte apenas por participar do trajeto terrestre e não do marítimo.

Além disso, há algumas opções de passeio para se fazer após a finalização do combo Selva + Rio.

Dessa forma, os visitantes podem optar ou por se aventurar em um rafting pelas corredeiras do Rio Iguaçu ou por explorar o Salto Macuco, uma das cachoeiras da região.

Selva

Na Selva, cerca de 3 km do caminho são percorridos de automóvel. Esta é a hora ideal para que os visitantes apreciem a vasta natureza do local.

Já em um segundo momento, é necessário completar uma pequena trilha de 500 metros a pé. Mas não precisa ficar assustado! Ela é de bem baixa intensidade.

Rio

Depois de percorrido o caminho terrestre, chegou a hora de embarcar no barco que te levará para pertinho das Cataratas do Iguaçu.

Neste momento, você deverá deixar todos os seus pertences, que não podem molhar, em um dos armários disponíveis para visitantes.

Ah, não esqueça de levar sua capa de chuva! Ela, com certeza, será necessária quando você estiver próximo de uma das quedas monumentais das Cataratas.

Rafting

Depois do passeio tradicional de Selva e Rio, é possível fazer rafting pelas águas das corredeiras do Rio Iguaçu.

Aqui, são usados botes infláveis que permitem este tipo de atividade. Cada um deles pode receber até 12 pessoas.

Cachoeirismo

Outra opção para quem acabou o passeio Macuco Safari tradicional e quer continuar explorando a natureza da região é aproveitar a modalidade Cachoeirismo.

No passeio, após uma trilha de mais de 2 km, os visitantes podem fazer um passeio diferente. Se trata de uma descida de rapel, que tem cerca de 20 metros ao todo, nas águas do Salto Macuco. Esta é uma cachoeira composta por rochas milenares e que fica bem no meio do parque nacional.

Tenho apenas uma palavra para descrever essa experiência: imperdível!

Passeio de barco

A grande estrela do passeio Macuco Safari tradicional é, sem dúvidas, o passeio de barco.

As embarcações que levam os visitantes para o Macuco Safari são do tipo Zodiac e tem capacidade para 25 pessoas.

Os barcos saem do Rio Iguaçu, mas a acessibilidade ao local de saída depende muito das condições climáticas do dia.

O que levar para o Macuco Safari?

Na etapa Rio do passeio, uma das minhas dicas é levar uma câmera fotográfica ou algum outro dispositivo que tire boas fotos e seja a prova d’água.

Outra dica boa é levar uma sacola impermeável com alguns itens importantes, como repelente de mosquito e protetor solar.

Além disso, uma capa de chuva para protegê-lo das águas que, com certeza, irão te molhar também é uma ótima ideia!

A propósito, vá com roupas confortáveis que não tem problema se molharem durante o passeio. Outra opção é levar uma troca de roupas com você.

Quem pode fazer o Macuco Safari?

O Macuco Safari Selva e Rio não tem restrições de idade. Assim, se você for viajar com sua família, já pode fazer a festa, pois todos poderão aproveitar o passeio.

Agora, se você optar pelo rafting após o passeio tradicional, é necessário que todos os participantes tenham mais de 14 anos, estejam acompanhados dos pais e apresentem as documentações necessárias.

Gestantes e cardíacos também não podem se aventurar no rafting pelas corredeiras do Rio Iguaçu, bem como pessoas com dificuldade de mobilidade.

Já o cachoeirismo é liberado apenas para maiores de 12 anos.

O Macuco Safari é seguro?

Os Zodiacs, por serem barcos especiais, são extremamente seguros para levar qualquer pessoa nesta aventura. Além do mais, todos os Macuco Safari saem com uma tripulação preparada e treinada para qualquer tipo de situação.

Durante o rafting, os botes só saem para o passeio após todos os procedimentos de segurança serem feitos.

Ademais, é obrigatório o uso de colete salva vidas em qualquer etapa do passeio que envolva contato com as águas da região.

Quanto custa o Macuco Safari?

Saber quanto custa o Macuco Safari depende de algumas variantes. Aqui, mais uma vez, depende da modalidade escolhida pelo visitante. Lembrando que crianças entre 7 e 11 anos e idosos acima de 60 anos pagam meia entrada.

O adulto que quiser fazer o passeio apenas do Macuco Selva, pagará R$149. Crianças e idosos pagam R$74,90.

Já o Macuco Safari para adultos, que inclui Selva e Rio, custa R$297 e, para crianças e idosos, R$148,50.

O Macuco Safari + Rafting sai por R$446 para adultos e R$223 para idosos e crianças.

Por fim, o Macuco Safari + Cachoeirismo também custa R$446 para adultos e R$223 para crianças e idosos.

Ah, aqui vai uma dica de ouro! Crianças de até 6 anos não pagam ingresso.

O que não está incluso no ingresso?

Uma coisa importante de se lembrar é que, nestes valores, não está inclusa a entrada no parque.

Ou seja, além do valor do ingresso do Macuco Safari (e adicionais que desejar fazer), lembre-se que também pagará R$34 para poder entrar no Parque Nacional do Iguaçu.

Além disso, alimentação também não faz parte do pacote. Por isso, é sempre bom levar uma garrafa d’água e um lanchinho leve.

Como comprar o ingresso?

Hoje, é possível comprar o ticket de entrada para o Macuco Safari tanto no dia do passeio, dentro do Parque Nacional do Iguaçu, ou reservá-lo pela internet.

Minha dica é fazer a reserva, já que, assim, você pode monitorar os preços. Vai que aparece uma promoção? Isso não é tão incomum de acontecer!

E então, gostou do conteúdo? Fique sempre atento (a) às novidades do Mala Pronta Foz, para você ter uma viagem perfeita para Foz do Iguaçu e região!

Quanto tempo dura o passeio do Macuco Safari?

O Macuco Safari dura em torno de 2 horas, contando a parte terrestre e no rio. Caso opte por fazer rafting ou cachoeirismo após o passeio, obviamente, ele será mais longo.

Qual a melhor época para fazer o Macuco Safari?

Apesar de sair em todas as épocas do ano, é preciso prestar atenção em algumas considerações climáticas para não ser pego desprevenido.

Durante o verão em Foz do Iguaçu é quando costuma chover mais na cidade. Em razão disso, naturalmente o volume das águas das cataratas também aumenta – o que pode causar, algumas vezes, que o Macuco Safari seja suspenso por motivos de segurança.

Já em outras épocas do ano em que há pouca chuva, é possível que o passeio também não possa sair por conta disso.

Que horas acontece o Macuco Safari?

O Macuco Safari funciona todos os dias entre 9h e 17h. Os passeios saem regularmente a cada dez minutos.

Dá para conhecer as Cataratas do Iguaçu sem fazer o Macuco Safari?

A resposta rápida é: sim. Com certeza, dá para conhecer as cataratas sem fazer o Macuco Safari.

Entretanto, vale a pena? Aí a questão fica um pouco mais complexa.

O Macuco Safari é um dos passeios mais procurados para se fazer em Foz do Iguaçu por uma razão certa.

Ele é, sem dúvida, a melhor chance que se tem de chegar bem pertinho das majestosas águas das Cataratas do Iguaçu e conhecer melhor a biodiversidade da região.

Por ele abranger não apenas o percurso no Rio Iguaçu, quem o faz aprende um pouco mais sobre toda a região de Foz do Iguaçu.

Outras formas de conhecer as Cataratas

Sendo bem sincero, qualquer pessoa que comprar o ingresso para o parque nacional pode conhecer as cataratas. A questão aqui é a proximidade e profundidade da sua visita.

Com a entrada básica ao parque, os visitantes podem ir em mirantes específicos em que poderão ver as quedas d’água mais famosas do Brasil.

Outra opção também é conhecer o Parque Nacional Iguazú, que fica do lado argentino da fronteira. Aliás, a Argentina possui a maior parte territorial das cataratas, sabia? Então ir até o parque nacional deles também é uma boa opção!

Há também a possibilidade de fazer um passeio pelo parque em um ônibus panorâmico. O lado bom deste passeio é que ele não tem custo adicional para quem comprou a entrada do parque.

Para quem está com o orçamento mais folgado, uma opção é fazer um passeio de helicóptero pela região. Com 10 minutos de duração, cada helicóptero pode levar até 5 pessoas e custa cerca de R$450. Em compensação, quem escolhe este passeio testemunha uma das vistas mais bonitas da região de Foz do Iguaçu.

Outro passeio que nem todo mundo conhece pelas Cataratas é feito por um elevador panorâmico. Você pode subir nele para ter uma visão do alto da região!

Finalmente, há uma grande variedade de trilhas que podem ser feitas dentro do Parque Nacional. Algumas delas são a Trilha das Cataratas ou o Tour Completo. Neste último, o visitante chegará até a Garganta do Diabo, que é onde fica a maior queda das Cataratas, com mais de 80 metros de altura!

O que mais fazer em Foz do Iguaçu?

Apesar de ser uma atração magnífica, conhecer as Cataratas do Iguaçu não é o único passeio possível de se fazer em Foz.

Veja aqui algumas outras opções que selecionei para você!

Parque das Aves

O Parque das Aves é o passeio preferido das crianças que visitam Foz do Iguaçu. Isso porque, além de tranquilo, no lugar também é possível ver mais de 1500 animais de 140 espécies diferentes.

Uma boa pedida para aquele momento em que você quer apenas relaxar e curtir a viagem com seus entes queridos!

Usina Hidrelétrica de Itaipu

A Usina Hidrelétrica de Itaipu também é um passeio imperdível para se fazer em Foz do Iguaçu.

Você sabia que a Itaipu Binacional é a maior usina de energia do mundo? Pois é! Além de prover energia para o Brasil, ela também distribui para a Argentina e Paraguai.

Mas não ache que esse passeio é só para engenheiros ou doidos por construções. Muito pelo contrário! Há até mesmo um centro de preservação da fauna e flora local feito dentro da usina quando ela estava sendo construída.

Além disso, é possível fazer passeios de barco na região, e aproveitar o pôr do sol mais bonito que Foz do Iguaçu tem a oferecer.

Marco das Três Fronteiras

Por último, mas não menos importante, a ida até o Marco das Três Fronteiras é um passeio imperdível para quem está em Foz do Iguaçu.

Já que você está na região, por que deixar de ir até onde fica a fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina? Além de ver o belo obelisco erguido no local exato, você também poderá presenciar o encontro entre os Rios Paraná e Iguaçu.

Toda a região ao redor da tríplice fronteira tem uma vida cultural extremamente movimentada, com shows de dança e música dos três países, além de ótimos bares e restaurantes que ficam por lá.

Quem quiser, também pode se aventurar no lado argentino ou paraguaio da fronteira para fazer algumas compras. Demais, né? Por ter várias possibilidades, indico muito este passeio!

Macuco Safari vale a pena? Veja prós e contras!

O passeio Macuco Safari vale muito a pena! Afinal, através dele você terá uma visão única e privilegiada das Cataratas!

Você tem várias opções, conforme seu estilo, de curtir as Cataratas do Iguaçu. E sem dúvida, o Macuco Safari vale a pena demais!

O único contra é o preço, sobretudo se você optar pelos passeios que incluem Selva e Rio, Cachoeirismo e Rafting. Realmente, o preço não é tão ameno, mas sem dúvida, vale a pena!

Prós

  • Passeio sensacional;
  • Vista privilegiada;
  • Experiência única;
  • Aventura e muita diversão.

Contra

  • Preço, sobretudo dos passeios que incluem Selva e Rio, Rafting e Cachoeirismo.

Vamos fazer as malas?

Ir para Foz do Iguaçu é algo que não vai deixar ninguém entediado.

Dentre as milhares de coisas possíveis de se fazer na cidade, conhecer as Cataratas do Iguaçu é, sem dúvida, um passeio imperdível.

Fazer o Macuco Safari é uma das melhores opções para quem quer conhecer de perto essa maravilha do mundo! Com mais de 30 anos de tradição, este passeio é um dos mais completos que são oferecidos dentro do parque nacional.

Com todas as informações que passei acima, você agora já está munido de tudo o que precisa para saber se vale a pena ou não fazer este passeio.

Boa viagem!