Foz do Iguaçu em novembro: como aproveitar durante o mês?

Geralmente, o mês de novembro tem alguns feriados prolongados, como Dia de Finados e a Proclamação da República. Por isso, muitas pessoas aproveitam para viajar.

Então, se você está se planejando para visitar Foz do Iguaçu em novembro, confira a seguir como fica a cidade nessa época do ano e quais os melhores passeios.

Como é Foz do Iguaçu em novembro?

Em novembro, o clima em Foz do Iguaçu é quente e úmido. Porém, como ainda estamos na primavera, as temperaturas tendem a ser mais amenas do que nos meses seguintes. Além disso, chove um pouco menos do que no mês anterior.

Em média, a temperatura em Foz do Iguaçu em novembro é de 27°C. Contudo, já foi registrada máxima de 38°C em 2018, e mínima de 13°C em 2010.

Por outro lado, o volume pluviométrico é de 109 mm em 12 dias. Ou seja, pode chover moderadamente durante alguns dias. Assim, é sempre bom verificar a previsão do tempo.

Além disso, os dias em Foz do Iguaçu em novembro é um pouco mais longo, durando cerca de 13 horas por dia. Por tudo isso, esse é um bom mês para visitar a cidade e fazer passeios ao ar livre.

Contudo, como o mês de novembro possui alguns feriados prolongados, é normal que os pontos turísticos e os passeios fiquem mais cheios. Então, se você quer uma viagem mais tranquila, tente fugir dos feriados, especialmente os prolongados.

O que fazer em Foz do Iguaçu em novembro?

Agora que você já sabe que o mês de novembro é um ótimo para visitar Foz do Iguaçu, confira os 7 melhores lugares para visitar na cidade nessa época do ano.

1. Parque Nacional do Iguaçu

Um dos principais pontos turísticos de Foz do Iguaçu é o Parque Nacional do Iguaçu. Ele fica na fronteira com a Argentina e possui cerca de 185 mil hectares apenas do lado brasileiro e tem vegetação predominantemente pluvial e de araucária.

Atualmente, o Parque Nacional do Iguaçu é considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco. Por isso, quem vai viajar para Foz do Iguaçu em novembro não pode deixar de visitar o parque.

Além das lindas paisagens, o Parque Nacional do Iguaçu também oferece várias atrações, como passeio de helicóptero, trilhas e atividades de ecoaventura. Veja algumas opções interessantes:

Cataratas do Iguaçu

A principal atração do Parque Nacional do Iguaçu são as Cataratas. Essas famosas quedas de água são formadas pelo Rio Iguaçu e possuem cerca de 65 metros de altura e mais de 2.700 metros de largura, com uma vazão de água de 1.500 m³/s.

Além das Cataratas do Iguaçu serem o maior conjunto de quedas de água do mundo em extensão, elas também são uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza.

Em novembro, como chove um pouco menos do que nos outros meses, a vazão de água é um pouco menor. Por isso, as quedas de água ficam menos volumosas e mais definidas. Como resultado, a visualização pode ser um pouco melhor, uma vez que se formam menos sprays.

Parque Nacional Iguazú – Argentina

O Parque Nacional Iguazú é o lado argentino do Parque Nacional do Iguaçu. Ao todo, a visita a esse parque inclui 6 km de caminhada que são divididos em três trilhas principais.

O destaque do Parque Nacional do Iguazú é a Garganta do Diabo, a maior e mais volumosa queda de água dos dois parques. Além disso, o local possui passarelas que ficam em cima das cachoeiras e da mata.

Porém, para chegar lá é preciso estar de carro ou pegar um ônibus saindo de Foz do Iguaçu.

Macuco Safári

Para os aventureiros de plantão, vale a pena fazer o passeio Macuco Safari. Basicamente, o passeio inclui uma trilha em meio a selva e uma descida de barco nas quedas das Cataratas. Além disso, a empresa também oferece algumas opções de passeios com cachoeirismo e rafting.

Passeio de helicóptero

Outra forma de conhecer melhor as Cataratas do iguaçu é o passeio de helicóptero . Ele permite que você tenha uma visão totalmente diferente das quedas de água do Parque Nacional, da Usina da Itaipu e o Marco das Três Fronteiras (Argentina, Brasil e Paraguai).

2. Puerto Iguazú

Apesar de a cidade de Puerto Iguazú ficar na Argentina, chegar lá é muito fácil, pois ela fica na região da tríplice fronteira.

Mesmo sendo uma cidade pequena, a sua aparência é muito charmosa e a sua vida noturna é relativamente agitada, com opções de bares e restaurantes mais em conta do que no Brasil.

Entre os principais atrativos de Puerto Iguazú, estão o Duty Free Shop, as Minas de Wanda, a Garganta do Diabo, o Casino Iguazú e o La Aripuca. Veja mais detalhes a seguir!

Garganta do Diabo

A cidade de Puerto Iguazú abriga uma das maiores e mais famosas quedas de água do Parque Nacional do Iguaçu, a Garganta do Diabo. Ao todo, esse espetáculo da natureza possui 82 metros de altura e 700 metros de largura.

Embora o lado argentino do parque não possua uma visão panorâmica das cataratas, como acontece no lado brasileiro, as quedas de água tem muito mais adrenalina, pois você consegue ficar muito mais perto delas.

Outra vantagem de visitar as cataratas argentinas é que elas tem uma concentração menor de turistas, uma vez que o local é dividido em três partes: a Garganta do Diabo, a parte inferior (em que você visualiza as quedas de água de baixo) e a parte superior (em que você visualiza as quedas de água de cima).

Então, mesmo que você já tenha visitado o lado brasileiro do Parque Nacional do Iguaçu, vale a pena visitar o lado argentino.

Duty Free Shop

Outro lugar que vale a pena visitar em Puerto Iguazú é o Duty Free Shop. Lá você vai encontrar uma grande diversidade de produtos importados, como perfumes, eletrônicos e roupas.

O melhor que o Duty Free fica antes da alfândega argentina, facilitando o acesso pelas avenidas de Foz do Iguaçu. Além disso, não há limite de compra.

Contudo, para entrar no Duty Free Shop é preciso registrar a saída na alfândega do Brasil. Por isso, é importante se certificar de que você tem a documentação necessária.

Minas de Wanda

As Minas de Wanda ficam a 45 km da fronteira com Foz do Iguaçu. Elas surgiram como derrame de lava vulcânica há milhares de anos. Essa lava fervente formou bolhas de ar nas rochas que se cristalizaram e formaram diversas pedras de cores diferentes.

Ao todo, você pode visitar 5 minas durante o passeio. Esse conjunto possui mais de 50 variedades de pedras preciosas, como rubis, cristal de vênus, topázios e esmeraldas, por exemplo. Além disso, você pode acompanhar a extração em cavernas e a céu aberto.

La Aripuca

A La Aripuca é uma réplica gigante da armadilha indigena chamada de arapuca. Ela é utilizada na captura sustentável de animais para consumo, já que é possível soltar animais capturados que não são próprios para alimentação.

Esse monumento foi construído com madeira resgatada de comércios ilegal ou que foi reutilizada de alguma outra forma. No total, o monumento pesa cerca de 500.000 kg e tem 17 metros de altura. O seu objetivo é demonstrar a relação de convivência entre o homem e a natureza.

Além disso, o complexo possui uma loja de artesanatos, uma loja de produtos locais, um bar e um restaurante com pratos regionais.

Casino Iguazú

Por último, o Casino Iguazú é o maior e o mais procurado da cidade de Puerto Iguazú. Na verdade, ele até já foi reconhecido pelo World Travel Awards como um dos cassinos mais importantes na América Latina.

Mesmo quem não é muito fã de cassinos vai se apaixonar. Afinal de contas o lugar  é muito luxuoso e possui mais de 40 mesas de jogos e mais de 200 máquinas caça-níqueis de última geração. Além disso, o local também realiza shows e sorteios em algumas noites.

3. Parque aquático Blue Park

Como Foz do Iguaçu em novembro faz bastante calor, o mês é ideal para conhecer os parques aquáticos da cidade, como o Blue Park.

O Blue Park é o maior parque aquático do Sul do Brasil e possui a terceira maior praia termal com ondas do mundo. Ao todo, são 9 tipos de onda que chegam até 1,20 m de altura, com areia natural e água azul que lembra o caribe.

O parque também conta com várias atrações radicais, como tirolesa e tobogã, e lago para pesca. Além disso, também há três opções de restaurantes dentro do Blue Park: um bar dentro da água, uma pizzaria e uma churrascaria.

4. Aguaray Eco Esportes

Outro passeio imperdível em Foz do Iguaçu em novembro é visitar o Aguaray Eco Esportes, que oferece vários esportes de aventura em meio a natureza. Por exemplo, você pode praticar canoagem, stand up paddle, caminhada, etc.

Geralmente, o trajeto começa com uma caminhada pela Trilha Ecológica do Índio até chegar à base de canoagem na margem do Rio Iguaçu.

Todo o percurso é acompanhado por guias que nos dão informações sobre a Mata Atlântica, o bioma e a cultura. Além disso, o passeio inclui uma parada no Rio Tamanduá e termina na Cachoeira da Toca.

5. City Tour Iguaçu

O City Tour Iguaçu é um dos principais passeios turísticos da cidade. Ele é realizado em um ônibus de dois andares com vista panorâmica. Com ele você vai passar pelos principais pontos turísticos de Foz do Iguaçu.

Durante o passeio, você também vai receber informações históricas e excelentes dicas de um guia especializado em Foz do Iguaçu.

Inclusive, você pode pedir ao guia várias indicações de lugares para você conhecer. Por isso, esse é o passeio ideal para fazer no primeiro dia ou se você vai ficar pouco tempo na cidade.

Estes são os pontos turísticos que você vai conhecer no City Tour:

  1. Avenida Brasil
  2. Hotel Cassino
  3. Colégio Bartolomeu Mitre
  4. Colégio Agrícola
  5. Tríplice Fronteira e Foz Do Rio Iguaçu
  6. Mesquita Islâmica
  7. Templo Budista
  8. Gresfi (Antigo Aeroporto)
  9. 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado

6. Iguassu Secret Falls

O Iguaçu Secret Falls é um passeio que permite conhecer as cachoeiras que são pouco conhecidas da cidade. Porém, para chegar até elas é preciso fazer trilhas por três rios: o Rio Carimã, o Rio Tamanduá e o Rio Remanso.

Ao todo, você vai conhecer 11 cachoeiras públicas e privadas. Embora a maior parte da trilha seja feita a pé, o passeio conta com um veículo de apoio durante todo o percurso. Geralmente o veículo é usado para chegar a algumas cachoeiras que estão mais distantes umas das outras.

Além disso, o Iguaçu Secret Falls é acompanhado por um guia bilíngue que conhece bem o local e um socorrista, no caso de grupos maiores.

Contudo, para que a sua experiência seja completa, lembre-se de levar água, repelente, protetor solar , roupa para banho, toalha e um lanche para caso sinta fome antes da parada para o almoço.

7. Aquamania Foz

Outro parque aquático para visitar em Foz do Iguaçu em novembro é o Aquamania Foz. Ele possui uma área de 180.000 m². Ao todo, o local conta com 8 tobogãs, que têm entre 6 e 27 metros de altura, e 7 piscinas, incluindo as de Biribol e Vôlei Aquático.

O Aquamania Foz também tem ambientes temáticos, como a Ilha da Fantasia, que possui cascatas de água em forma de cogumelos, tobogã em formato de rã gigante e túnel de golfinho.

Além disso, ele também possui o Rio Preguiçoso, com águas tranquilas para quem quer relaxar. Sem dúvida, esse é um passeio excelente para todas as idades. Vale a pena conhecer!

Gostou de conhecer os melhores passeios para fazer em Foz do Iguaçu em novembro? Então, continue acompanhando o Mala Pronta Foz e não perca nenhuma dica de viagem!