Foz do Iguaçu em dezembro: como aproveitar durante o mês?

Conhecer Foz do Iguaçu em dezembro é ideal para quem quer curtir todas as belezas naturais da região.

Afinal, nesta época é quando há a transição da primavera para o verão, as temperaturas ficam elevadas e as chuvas mais intensas. Tudo isso contribui para a vegetação ficar ainda mais exuberante e os rios começarem a alcançar seu poder máximo.

Além das atrações naturais, existem muitas opções para os turistas. Famílias encontrarão passeios e ideias para maravilhar as crianças, e igualmente pais e mães.

Já casais terão belas oportunidades para curtir bons momentos e tirar belas fotos para o álbum de lua de mel ou bodas

Por fim, turistas que querem aquele nível a mais de adrenalina não ficarão desapontados. O que não falta são oportunidades para se exercitar e testar seus limites físicos em meio às trilhas e rios daqui.

Durante a alta temporada há uma disputa maior por hospedagens e os preços tendem a ficar mais elevados. Por isso pode ser preciso um planejamento com mais atenção.

Portanto, pesquise preços, construa um roteiro consciente e agende passagens e quartos com antecedência.

Para te ajudar nisso, preparamos esta lista de atrações imperdíveis que deve entrar no seu plano. Elas estão disponíveis o ano todo, mas alguns ganham uma cara diferente em dezembro como veremos abaixo.

O que fazer em Foz do Iguaçu em dezembro?

Todo tipo de turista encontrará o que fazer em Foz do Iguaçu. Obviamente o destaque fica para a visita às Cataratas do Iguaçu. Este espetáculo natural é um dos principais itens da nossa lista, mas existem muitas outras coisas a se fazer aqui.

Esteja você viajando de férias, procurando um bom lugar para recuperar as energias, ou fazendo um mochilão de aventura, não tema, Foz do Iguaçu é o lugar!

1. Ir ao Parque Nacional do Iguaçu

Sem dúvidas, a principal atração da região, que atrai turistas de todo o Brasil e do mundo, são as Cataratas do Iguaçu. Estas ficam dentro do Parque Nacional do Iguaçu, localizado na fronteira do Brasil com a Argentina.

Formadas pelo Rio Iguaçu, as cataratas são um show à parte dentro do Parque.

Suas 275 quedas, que possuem em média 65 metros de altura, compõem um espetáculo natural de proporções espantosas. São 2780 metros de comprimento, com uma vazão de 1500 m³ de água por segundo.

Estruturas construídas nas cataratas especialmente para turismo permitem a observação desta paisagem. Existem diversas passarelas que levam visitantes entre mirantes localizados no topo das quedas d’água, permitindo uma visão privilegiada do lugar.

Além disso, há um elevador panorâmico que viaja da base das cataratas até seu topo. Esta jornada permite a observação de cada aspecto das quedas, além do registro de imagens de tirar o fôlego de ângulos privilegiados.

Conhecer as cataratas em dezembro é vê-las durante um dos períodos com mais chuvas. Isso faz com que elas, e outros rios e quedas da região, fiquem mais movimentadas e turvas.

Assim, isso adiciona um pouco mais de aventura e impacto ao passeio, já que é possível ver a água em sua força máxima.

Considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, o Parque Nacional do Iguaçu se expande por 185 mil hectares apenas do lado brasileiro. Logo, obviamente há muito mais que apenas as cataratas para se conhecer.

Por exemplo, a vegetação daqui é incrível, com diversas espécies de árvores e uma fauna igualmente deslumbrante vivendo na mata.

Além disso, existem outros passeios e atrações dentro do próprio parque. Dentre eles a possibilidade de fazer trilhas, rafting, rapel e escalada em rochas, bem como passeios de barco próximo às quedas. Alguns dos principais são:

Macuco Safari

Para os mais aventureiros existe o serviço do Macuco Safari. Neste passeio você passará por trilhas dentro da mata e sentirá a força das águas em primeira mão nas visitas de barco às quedas das Cataratas do Iguaçu.

Com as águas mais agitadas de dezembro, o safari promete ainda mais adrenalina. O passeio é feito de forma legal, dentro das leis de turismo e conservação e com toda a segurança possível.

Dessa forma, há aquele gosto de aventura e descoberta, perfeita para os turistas mais radicais, mas sempre com responsabilidade, para a tranquilidade dos mais conservadores.

Para completar o passeio, guias acompanham a viagem e trazem informações e curiosidades sobre o parque, a natureza da região e sua importância histórica e biológica.

Tudo isso para educar e conscientizar visitantes sobre a importância destes ambientes e a necessidade de sua conservação.

Passeio de helicóptero

O passeio de helicóptero acima das cataratas te dá uma visão completa deste espetáculo natural. Cortando os céus você conseguirá ter uma noção do tamanho delas e porque é um dos lugares mais bonitos e buscados do Brasil.

É a chance de fazer imagens e memórias ainda mais deslumbrantes.

No entanto, esta é uma atração no lado mais caro do espectro de turismo. Mesmo poucos minutos de voo podem ficar de fora do orçamento de boa parte dos turistas.

Outro ponto a se estar atento é que com as chuvas mais intensas de dezembro ele pode ser atrapalhado, ou mesmo nem estar disponível, por causa das águas.

Comer e se hospedar no Parque

Dentro do próprio Parque Nacional do Iguaçu existem opções de restaurante e hospedagem. Estes são perfeitos para quem quer continuar em contato com a natureza e, principalmente, comer e dormir lado a lado com as cataratas.

Porto Canoas é um restaurante que fica instalado próximo a quedas d’águas. Seu cardápio é incrível e muito bem preparado. Tudo fica ainda melhor com o visual e som das cataratas, que ficam totalmente visíveis na varanda do restaurante.

Para hospedagem há o Hotel Belmond, com quartos espetaculares e estruturas como piscinas e quadra de tênis. As cataratas, claro, complementam o cenário e deixam tudo mais agradável.

2. Se encantar com o Dreamland

Um passeio que vai encantar e surpreender adultos e crianças é o Dreamland. Este complexo é lar de uma série de atrações diversas, com diferentes temáticas e estilos.

Entre as principais podemos destacar o Parque dos Dinossauros, Museu de Cera, Maravilhas do Mundo e o Dreamland Ice Bar.

No Parque dos Dinossauros você poderá ver diversas esculturas em tamanho real de espécies de dinossauros.

É a chance de presenciar de perto o tamanho dessas criaturas incríveis que viveram na Terra e imaginar como era nos tempos em que estes gigantes caminhavam por aqui.

O Museu de Cera te coloca cara a cara com celebridades, figuras históricas e personagens de todo o mundo e período.

Todas são feitas com elevado nível de realismo e em tamanho real, um trabalho incrível e que te dá a chance de conhecer, pelo menos de alguma forma, ídolos e lendas.

Maravilhas do Mundo apresenta réplicas de atrações famosas do mundo todo em tamanho reduzido. São reproduções do Cristo Redentor, Pirâmides do Egito, Torre Eiffel e muitas outras com elevado nível de detalhes.

Já o Dreamland Ice Bar é um bar completamente feito de gelo. As temperaturas são baixas, perfeitas para quem quer curtir o frio em um lugar diferente enquanto experimenta drinks incríveis.

3. Relaxar no Parque Aquático Blue Park

Se você quer ter o gostinho da praia mesmo em Foz do Iguaçu, o Parque Aquático Blue Park é o lugar ideal. Aqui existem piscinas diversas e uma praia artificial de águas termais que entrega tudo o que uma praia de verdade tem a oferecer.

A areia é de verdade e ondas artificiais completam a experiência, com algumas que chegam a incríveis 1,20 m de altura. Isto faz com que o Blue Park tenha a terceira maior praia termal com ondas do mundo.

Aqui você poderá curtir as águas e relaxar à beira delas, em um cenário paradisíaco. Com as elevadas temperaturas de dezembro é o lugar ideal para se refrescar e se sentir no litoral.

4. Visitar o Parque das Aves

No Parque das Aves você pode continuar com a jornada pela natureza exuberante da região. Aqui a maior atração é o trabalho feito para conservação de espécies de todo tipo de animal, principalmente aves, insetos e répteis.

São 17 hectares focados em turismo ecológico e conservação da mata e sua fauna e flora.

Há um borboletário para estes belos insetos e setor de répteis, além de viveiros de aves com periquitos, araras, tucanos, flamingos e várias outras espécies de aves da Mata Atlântica. O parque em si abriga cerca de 140 espécies de aves, muitas ameaçadas de extinção.

Como sempre, a presença de guias, que compartilham informações e curiosidades sobre os animais e o parque, deixa o passeio completo.

Para quem se interessar existe o Backstage Experience, pago à parte e que oferece outras oportunidades. Pode-se, por exemplo, tirar uma foto com uma arara, apesar das filas serem grandes.

5. Conhecer a cidade com o City Tour

Com o City Tour você passeia pela cidade de Foz do Iguaçu em um dos famosos ônibus abertos. É uma ótima forma de conhecer os principais pontos turísticos daqui, como praças e parques urbanos, construções históricas e relíquias da cidade.

A viagem pelas ruas é acompanhada por guias turísticos que falam múltiplas línguas, uma vez que a cidade é próxima da fronteira com Argentina e Paraguai e também recebe visitantes do mundo todo.

Eles apresentaram os lugares e contaram mais sobre a história da região e sua importância.

Por ser em ônibus aberto o passeio é perfeito para tirar fotos incríveis dos locais. Em dezembro, com um volume de chuva mais elevado, é ainda mais importante verificar a previsão do tempo antes do passeio.

Portanto, leve capas de chuva para que as águas não atrapalhem o tour.

6. Levar a adrenalina ao máximo com o Aguaray Eco Esportes

As matas e rios da região favorecem bastante a prática de esportes radicais. E esta é a área de atuação do Aguaray Eco Esportes. Com eles você poderá viver de perto as maravilhas naturais de Foz enquanto pratica todo tipo de atividade ao ar livre.

Entre as opções estão canoagem, trecking, trilhas, stand-up paddle e caiaque. Além de todo o exercício há o bônus do contato com a natureza e a possibilidade de tirar belas fotos e vídeos entre e durante as práticas.

7. Aprender sobre outras culturas

Foz do Iguaçu é o lugar perfeito para conhecer pessoas de vários lugares do mundo. Graças a sua alta procura por turistas internacionais é a chance de interagir com culturas diferentes e praticar o inglês e outros idiomas.

Além disso, na região existem dois templos para quem se interessa por doutrinas e religiões diferentes. Estes são o Templo Budista Chen Tien e a Mesquita Omar Ibn Al-Khattab.

Templo Budista Chen Tien

O Templo Budista Chen Tien fica localizado próximo à fronteira com Paraguai e, além de templo, também é um parque de esculturas.

Os monges recebem visitantes que se interessam pelo budismo, e as estátuas, incluindo um Buda de 7 metros de altura, formam um cenário incrível.

O lugar é muito pacífico, perfeito para caminhadas relaxantes e recuperar as energias. O acesso de ônibus é possível, mas complicado, sendo mais recomendado ir de carro.

Mesquita Omar Ibn Al-Khattab

Na Mesquita Muçulmana Sunita Omar Ibn Al-Khattab você poderá participar das visitas guiadas e aprender mais sobre esta região riquíssima. Elas ocorrem em períodos pré-determinados, das 9h às 11h30 e das 14h às 17h30.

No horário das orações não é possível visitar a mesquita. Elas ocorrem 5 vezes ao dia e são convocadas por voz humana. Todos os rituais seguem a tradição do Alcorão.

Para visitar este templo é preciso seguir algumas regras, como tirar os sapatos e, para as mulheres, cobrir os cabelos com um véu que a mesquita tem a oferecer se preciso.

O clima de Foz do Iguaçu em dezembro

Neste período de alta temporada as chuvas e temperaturas podem influenciar em como você aproveita a região. Algumas das principais atrações são totalmente a céu aberto, por isso totalmente dependentes das condições climáticas.

Quando o assunto é o termômetro, as temperaturas de Foz em dezembro estão no pico para a região. A máxima fica, em média, nos 33ºC e a mínima em 19ºC.

O calor é forte durante o dia, e mesmo à noite ainda é bastante agradável, longe de fazer frio de fato. Por isso, as malas podem conter mais roupas leves e um ou outro agasalho apenas.

Para as chuvas a média histórica de precipitação fica em 190mm. Não é a mais elevada da região mas está entre as mais altas, ficando em terceiro lugar.

Isso faz com que as chuvas sejam mais frequentes que em outras épocas, mas ainda não é nada que atrapalhe totalmente os passeios.

Perguntas e Respostas

Qual a temperatura de Foz do Iguaçu em dezembro?

No mês de dezembro as médias de temperaturas em Foz do Iguaçu são de 33u00baC de máxima e 19u00baC de mínima. As chuvas ficam com uma média de 190 mm de precipitação, a terceira maior média histórica.