Foz do Iguaçu em agosto: como aproveitar durante o mês?

Foz do Iguaçu é um destino que deve estar na agenda de qualquer turista amante da natureza. Este município do Estado do Paraná é famoso pelas Cataratas do Iguaçu, um espetáculo natural que espanta até as pessoas mais aventureiras. Mas como aproveitar ao máximo Foz do Iguaçu em agosto?

Afinal, toda a força carregada pelas águas em sua queda choca e leva à admiração.

No entanto, há muito mais a se ver e curtir na região. Muitas outras atrações e belezas naturais existem e oferecem uma gama enorme de opções para entrar em contato com plantas e animais nativos da Mata Atlântica.

Além disso, parques e tours de todo tipo irão fazer a alegria de todo mundo. Veja a lista compilada por nossa equipe. Com certeza, você se surpreenderá com as possibilidades do que fazer em Foz do Iguaçu em agosto!

O que fazer em Foz do Iguaçu em agosto?

Foz do Iguaçu possui algumas das opções de roteiros mais diversas entre os pontos turísticos do Brasil. Inevitavelmente pensamos nas incríveis cataratas, e não à toa, já que elas formam um cenário deslumbrante.

No entanto, existe uma variedade enorme de belezas naturais. A região possui uma incrível fauna e flora, que podem ser observadas de perto em algumas das opções. Além disso, o que não faltam são atrações urbanas, que divertem crianças e adultos igualmente.

Portanto, para quem é mais animado há a possibilidade de praticar esportes radicais, fazer visitas mais ousadas às localidades chave e curtir a cidade.

Em agosto a região possui um clima diferente dos apresentados em épocas de alta temporada.

De fato, as temperaturas caem, formando o cenário ideal para quem gosta do frio da noite e manhã, mas não dispensa temperaturas mais agradáveis durante o dia.

Ainda em agosto é quando as médias de chuva estão mais baixas. Assim, esta condição altera alguns passeios, principalmente as visitas às atrações naturais, por exemplo.

Porém, seja qual for o seu estilo, há alguma coisa para fazer em Foz do Iguaçu. Confira abaixo as principais atrações da cidade para visitar com sua família e amigos ou mesmo em viagem solo.

1. Visitar o Parque Nacional do Iguaçu

O principal parque da região, responsável por atrair turistas do mundo todo, é o Parque Nacional do Iguaçu. Localizado no extremo oeste do Paraná, na fronteira com a Argentina, ele possui cerca de 185 mil hectares só no lado brasileiro e é considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco.

A grande atração do parque fica por conta, claro, das famosas Cataratas do Iguaçu e suas 275 quedas com média de 65 metros de altura. Elas possuem incríveis 2780 metros de largura e vazão média de 1500 m³ de água por segundo!

Formadas quando o Rio Iguaçu encontra o desnível, as cataratas são totalmente preparadas para receber visitantes. Passarelas guiam os turistas por mirantes ao longo das quedas. Um elevador panorâmico liga a base das quedas à parte superior do rio, permitindo a observação total desse fenômeno da natureza e o registro de imagens sem igual.

Em agosto, com volume de chuvas menor, as cataratas e rios da região ficam com vazão menor. Apesar disso, há uma mudança muito perceptível em casos de secas drásticas. Em condições normais, o que acontece é a espuma ficar menos turva, comparando com épocas de cheia.

2. Fazer o Macuco Safari

Ainda no Parque Nacional do Iguaçu há o Macuco Safari. Este tradicional passeio do parque é feito em terra e água ao longo de trilhas na mata e barcos no rio. Assim, é uma ótima maneira de ver de perto as belezas naturais e o poder das águas das cataratas.

A jornada de barco pelas quedas das Cataratas tem um gostinho de aventura e promete muita adrenalina mesmo para os turistas mais radicais. Tudo é feito com o máximo de segurança pela empresa, que possui certificados e está legalizada para efetuar o passeio.

Além disso, a experiência dos guias adiciona aquele aspecto de ciência e conhecimento à aventura. Eles contam sobre a região e sua natureza, a fim de educar e conscientizar visitantes sobre a importância desses cenários e a necessidade de sua conservação.

3. Conhecer o Parque das Aves

Um outro parque da região é o Parque da Aves, outra zona dedicada ao turismo ecológico e à preservação da natureza. Com mata nativa em seus 17 hectares, o parque faz um trabalho incrível na manutenção de espécies de aves, insetos, répteis e todo tipo de animal.

Aqui você encontra 140 espécies de aves, como periquitos, araras, tucanos e flamingos. São várias espécies endêmicas da Mata Atlântica que correm risco de extinção com a diminuição gradual e constante do bioma.

Além disso, há viveiros de aves, borboletário e setor de répteis para que os turistas possam observar de perto estas incríveis criaturas. Para quem quiser e tiver paciência, é possível entrar na fila para tirar fotos com uma arara através do passeio Backstage Experience, que é opcional.

4. Se encantar durante o passeio de helicóptero

Outra atração disponível dentro do Parque Nacional do Iguaçu é o passeio de helicóptero. Esse tour pelos céus acima das cataratas é de tirar o fôlego. Aqui você consegue ter uma noção das dimensões das quedas d’água e sua magnitude.

Mas, um empecilho à este passeio são os preços, que são elevados mesmo por poucos minutos de voo. Em agosto, com pouquíssimas chuvas, as chances delas atrapalharem o vôo são muito baixas.

5. Entrar em contato com outras culturas

Foz do Iguaçu é atração entre turistas do mundo todo. Aqui você encontrará todo tipo de pessoa, com línguas e costumes diferentes, para interagir durante os passeios. Além disso, a proximidade com a Argentina e o Paraguai também favorece o contato com nossos vizinhos e a troca de experiências.

Já para quem quer conhecer mais sobre culturas diferentes existem dois locais perfeitos. Estes são o Templo Budista Chen Tien e a Mesquita Omar Ibn Al-Khattab.

Templo Budista Chen Tien

Próximo ao Rio Paraná, na fronteira com o Paraguai, existe um templo budista que também figura como parque de esculturas. O Templo Chen Tien é um lugar tranquilo, com pouco movimento, onde os monges praticam sua doutrina, fazem orações e recebem visitantes interessados em aprender mais sobre o budismo.

Para admiradores da arte, o templo possui uma enorme variedade de esculturas, que formam uma atração à parte. O destaque fica com o Buda de 7 metros de altura em meio aos jardins do templo.

É possível chegar aqui de ônibus, mas este acesso não é tão fácil, sendo mais recomendado ir de carro.

Mesquita Omar Ibn Al-Khattab

A Mesquita Muçulmana Sunita Omar Ibn Al-Khattab é um templo a esta religião que oferece visitas guiadas. O passeio é uma grande oportunidade para quem adora conhecer novas culturas, religiões diferentes e aprender com diferentes pessoas.

Estas visitas são guiadas e acontecem em períodos pré-determinados, entre 9h e 11h30 e 14h e 17h30. Durante as orações, que ocorrem 5 vezes ao dia, não há visitas. O chamado para elas é feito por voz humana, e todas seguem as tradições do Alcorão.

Dessa forma, para entrar no templo é preciso seguir algumas regras como retirar os sapatos e, no caso das mulheres, cobrir os cabelos com um véu que a própria mesquita oferece.

6. Ir ao Parque Aquático Blue Park

Algo que você jamais imaginaria encontrar em Foz do Iguaçu é praia. Graças ao Parque Aquático Blue Park, é possível adicionar ao seu roteiro este ambiente tão buscado por turistas.

Esta praia possui areia natural e água cristalina, onde você poderá relaxar e nadar em um cenário paradisíaco. As piscinas são perfeitas para crianças e adultos mergulharem e aproveitarem um dia na praia. O diferencial fica por conta das águas termais que compõem o lugar, dando aquela sensação de águas mornas das praias do nordeste.

O Parque Aquático Blue Park possui a terceira maior praia termal com ondas do mundo . Ondas estas, inclusive, que são parte principal do parque. Com nove tipos diferentes de ondas, as mais altas alcançando 1,20m, a experiência é completa.

7. Viajar no tempo e pelo mundo no Dreamland

Presente em várias cidades turísticas do Brasil, o Dreamland abriga uma série de atrações diversas. Entre elas você encontra o Museu de Cera, o Parque dos Dinossauros, o Maravilhas do Mundo e o Dreams Ice Bar, que são as mais conhecidas e procuradas.

O Museu de Cera acomoda esculturas hiper realistas de pessoas e personagens famosos no mundo todo. Aqui você poderá ver de perto esse trabalho incrível, que o coloca frente a frente com ídolos e figuras históricas.

A céu aberto está o Parque dos Dinossauros, uma área com esculturas de várias espécies de dinossauros em tamanho real. É uma viagem para a era dos dinossauros que promete encantar igualmente crianças e adultos.

Maravilhas do Mundo é um museu de réplicas em tamanho reduzido de símbolos e atrações turísticas do mundo. Elas são realistas e captam cada detalhe de lugares como as pirâmides do Egito, o Cristo Redentor, a Torre Eiffel e muitos outros.

Por fim, o Dreams Ice Bar é um bar todo feito em gelo – do chão ao teto, mesas e balcão. Aqui você poderá encarar o frio incomum aos brasileiros enquanto experimenta diversos drinks.

8. Se aventurar com o Aguaray Eco Esportes

Esportistas conectados à esportes naturais encontrarão seu lugar no Aguaray Eco Esportes. A empresa oferece uma lista diversa de esportes e atividades nos rios e matas da região.

Tudo é feito em meio às belezas naturais, permitindo não só adrenalina e exercício, mas também conexão com a natureza e observação da fauna e flora local. É possível praticar canoagem, trecking, trilhas, stand-up paddle, caiaque, por exemplo e mais.

9. Fazer o City Tour de Foz do Iguaçu

O City Tour Foz do Iguaçu oferece o famoso passeio pelas ruas da cidade em ônibus aberto. Durante essa jornada você passará por lugares belíssimos com praças e parques urbanos repletos de natureza, construções históricas e pontos turísticos dentro da cidade. Portanto, também é uma ótima opção de passeio em Foz do Iguaçu em Agosto.

Tudo é acompanhado por guias que apresentam os locais e contam sobre sua história e importância para a cidade e região. Eles falam pelo menos três línguas, graças à proximidade com a fronteira e importância das cataratas, que atrai muitos turistas internacionais.

Durante a viagem é o momento ideal para aprender mais e também tirar muitas fotos. Por ser ônibus aberto, as imagens não ficam prejudicadas e o passeio é bastante agradável. Em agosto as poucas chuvas não devem ser problema. Ainda assim, verifique a previsão do tempo antes do passeio. Em caso de chuva leve capas para se proteger.

10. Comer e se hospedar próximo às Cataratas

Por fim, para quem quiser ficar com as Cataratas além dos passeios pelo elevador panorâmico e mirantes, há a possibilidade de comer, ou mesmo se hospedar, lado a lado das quedas.

Dentro do Parque Nacional da Foz do Iguaçu existem algumas ótimas opções para visitantes. Porto Canoas é um restaurante com varanda voltada para as cataratas. O visual e som incrível da natureza complementam o cardápio incrível e preparado com maestria.

Já para se hospedar há o Hotel Belmond, também ao lado das cataratas e dentro do parque. Assim, nesse hotel, há quadra de tênis, piscina e, claro, todo o espetáculo das cataratas.

O clima de Foz do Iguaçu em agosto

Visitar Foz do Iguaçu em agosto é o momento ideal para quem quer temperaturas mais amenas e pouca chuva. Isto favorece muito os passeios, que em sua maioria são a céu aberto. No entanto, a região está apenas começando a esquentar, e ainda apresenta temperaturas frias em determinados momentos.

As médias para o mês na região são de 25ºC de máxima e 11ºC de mínima.

Logo se vê que durante o dia é possível ficar bem confortável e caminhar com tranquilidade. Ainda assim, nas madrugadas e início da manhã pode fazer um frio considerável, por isso leve agasalhos e se aqueça bem nestes momentos.

Com relação às chuvas agosto é, historicamente, o segundo mês com menos chuvas em Foz. A média fica em 110mm, atrás apenas de julho. Apesar do efeito nos rios, cachoeiras e cataratas não ser grande, as águas ficam um pouco menos agitadas e turvas.

E então, agora que você já sabe tudo sobre Foz do Iguaçu em agosto, que tal ver mais conteúdo preparado especialmente para você no Mala Pronta Foz?

Perguntas e respostas

Qual a temperatura em Foz do Iguaçu em agosto?

O mês de agosto em Foz do Iguaçu apresenta máximas de 25u00baC e mínimas de 11u00baC na média histórica. A média de precipitação é de 110mm, a segunda menor, atrás apenas do mês de julho.