Foz do Iguaçu em abril: como aproveitar durante o mês?

Visitar Foz do Iguaçu em abril é uma ótima oportunidade para conhecer a famosa Garganta do Diabo, situada entre o Brasil e a Argentina. Apesar de uma temperatura mais fria, e uma redução na vazão das cataratas, a visita a Foz do Iguaçu em abril oferece bons passeios.

Além da Garganta do Diabo, há também muita diversão no parque Dreamland, com atrações imperdíveis. Quem ama aventura vai se apaixonar pelo Vale dos Dinossauros animatrônicos.

Já quem tem paixão por arte e cultura, pode apreciar tanto o Museu de Cera quanto as Maravilhas do Mundo, um espaço dedicado a estátuas de grandes símbolos de cada país.

Quer saber mais sobre essas e outras atrações para se divertir no mês de abril em Foz do Iguaçu? Então é só viajar na nossa leitura e seguir nossas dicas. Vambora!

O que fazer no mês de abril em Foz do Iguaçu?

Um passeio por Foz do Iguaçu sempre é uma experiência incrível, a julgar pela paisagem das cataratas ou pelo parque instalado na região, chamado Dreamland.

Ainda que o frio possa atrapalhar um pouco os viajantes mais apaixonados pelo calor, o mês de abril costuma ter poucas chuvas em Foz do Iguaçu. Inclusive, se fizer sol, dificilmente você passará frio. Sem contar que a visão do cenário das cataratas é única. Então, não dá para deixar de fora do seu roteiro de viagem.

Contudo, as cataratas não são a única atração do Iguaçu, e dá para levar a família toda em um passeio de outono/inverno. Para conferir todas as atrações para curtir em abril, nós fizemos uma lista de dicas. Confira!

1. Visitar a Garganta do Diabo

O nome pode ser feio e remeter a algum cenário de terror, mas Garganta do Diabo, nada mais é, que um desfiladeiro por onde cai as trombas d’água das cataratas do Iguaçu.

Com cerca de 80 metros de altura e 150 metros de largura, a Garganta do Diabo tem formato de U invertido. Suas 275 quedas de água caem de uma altura de 70 metros até o rio Iguaçu, na Bacia hidrográfica do rio Paraná.

A beleza e a grandeza do local faz fronteira com o Parque Nacional de Iguazú, em Misiones, na Argentina. Além disso, as cataratas possuem o segundo maior fluxo médio de água, atrás apenas das cataratas do Niágara.

Por isso, visitar esse monumento e tirar fotos das cataratas do Foz do Iguaçu é quase uma obrigação, e a temperatura de abril não vai atrapalhar a visita.

2. Conhecer o Marco das Três Fronteiras

Desde o início do século 20 existe o Marco das Três Fronteiras, uma área que divide as fronteiras do Brasil, Paraguai e Argentina. Além do obelisco que demarca a fronteira, quando você chega no Marco encontra três placas, cada uma com a cor da bandeira do país: verde (Brasil), vermelho (Paraguai) e azul (Argentina).

Mas não é só para fazer uma selfie diante dessas três placas ou do obelisco que você vai pagar o ingresso para o Foz do Iguaçu em abril, certo? O local oferece atrações culturais e gastronômicas, com o cardápio especial contendo tapioca, churros, chope e pipoca.

Há também o restaurante Cabeza de Vaca (sobrenome do historiador espanhol que descobriu as cataratas do Iguaçu, Álvar Núñes Cabeza de Vaca, em 1541), como um ponto de encontro para quem quiser matar a fome depois de passear pelas cataratas.

Além de intervenções artísticas, ao ar livre, para quem gosta de apreciar uma bela dança, o turista precisa aproveitar o fim da tarde no belíssimo mirante do Iguaçu. É a partir dele que o pôr do sol tem uma vista impressionante, ótima para render boas fotos.

3. Adentrar o Parque das Aves

Uma das melhores atrações do Foz do Iguaçu em abril é poder estar em contato com a natureza. Isso porque, depois de se molhar com o espirro d’água das cataratas do Iguaçu, falta uma coisa: ter contato com animais no Parque das Aves.

O local fica a 500 metros do Centro de Visitantes das Cataratas Brasileiras e possui mais de 1000 aves e 150 espécies diferentes, entre eles:

  • Tucanos;
  • Maritacas;
  • Arapongas;
  • Araras;
  • Guarás;
  • Jacarés;
  • Iguanas;
  • Mutuns;
  • Entre outras.

Para os aventureiros de plantão, não basta, contudo, somente olhar e tirar fotos; o visitante vai querer – e poder – entrar no viveiro e tirar uma selfie com um tucano. Vai perder essa chance?

4. Sobrevoar as cataratas do Iguaçu é imperdível!

Se visualizar e se molhar com a queda d’água das cataratas não é muito legal para você, ainda mais se tiver aquele friozinho de abril, que tal pegar um helicóptero no Foz do Iguaçu?

O sobrevoo de helicóptero sobre as cataratas do Iguaçu é uma viagem imperdível para quem ama – e para quem pode pagar. Apesar de ser uma atração incrível e que pode ter muitos adeptos, a viagem não depende de reservas.

Você chega ao heliponto, situado em frente ao Parque das Aves, e aguarda sua vez. São 10 minutos para sobrevoar o ponto turístico de Foz do Iguaçu. Dá para ver toda a área extensa das cataratas, que engloba boa parte da viagem pelo ar.

5. Contemplar o Templo Budista

Para quem é budista ou não, outra atração bem legal para curtir em abril em Foz do Iguaçu é o Templo Budista. Ele fica no caminho de Itaipu e você só paga pelo transporte até lá: cerca de R$25 na bandeira 1, já que a entrada é gratuita.

Assim que você chega, pode apreciar as esculturas no jardim, como o Buda Sorridente, que parece dar as boas-vindas aos visitantes. Há também quatro assustadores Reis Celestiais que o protegem.

A maior atração do Templo é justamente o conjunto de estátuas espalhadas pelo jardim e pelo pátio, como os 108 budas, que fazem referência ao número de contas do mala (rosário budista).

Não deixe, portanto, de fazer um pedido, acender uma vela e repetir o mantra “Namo Amituofo” durante sua excursão no Templo Budista. Lembre-se apenas de comprar um papel específico e a vela na lojinha.

6. Descobrir as réplicas no Museu de Cera, uma das melhores atrações do Foz do Iguaçu em abril

Já conheceu a famosa Garganta do Diabo e o Marco das 3 Fronteiras? Então, que tal uma diversão no parque Dreamland? O parque tem a sua versão em Gramado, no Rio Grande do Sul, e desde 2014 ganhou um espaço no coração do Foz do Iguaçu.

Lá, há algumas atrações perfeitas para curtir no mês de abril, que toda pessoa que viaja à Foz do Iguaçu precisa conhecer. Um deles é o Museu de Cera, um espaço dedicado a estátuas de cera das personalidades da música, do esporte, do cinema, do desenho animado e da política, em tamanho real.

São mais de 50 personalidades em mais de 15 cenários para você admirar e tirar fotos. Mas se você pensa que vai chegar e dar logo de cara com Barack Obama ou Michael Jackson, saiba que tudo tem mais emoção do que parece.

A apresentação de cada sala onde está uma réplica ou um conjunto de réplicas se dá com suspense, música e show de luzes. Imagine que nesse ambiente dá até para confundir a estátua com a própria pessoa. Michael Jackson vive, afinal?

7. Tirar fotos das Maravilhas do Mundo

Outro lugar para os apaixonados por uma réplica é a área das Maravilhas do Mundo, situada dentro do Museu de Cera. Mas, em vez de personalidades em tamanho real, você encontra monumentos históricos de cada país (mas não em tamanho real, viu?).

Então, o viajante vai se deparar com os misteriosos e fascinantes Moais da Ilha de Páscoa; as pirâmides do Antigo Egito; o imponente Império Chinês; o encantador Castelo da Cinderela; e as estátuas da Liberdade e do Cristo Redentor.

Maravilhas do Mundo reserva momentos preciosos para quem ama história, cultura e arte em um só lugar, e decide viajar no mês de abril, para Foz do Iguaçu. Aproveite para tirar fotos temáticas e brincar ao lado de esculturas que marcaram uma geração.

8. Aventurar-se no Vale dos Dinossauros

Gosta de aventura na selva? Pois o Vale dos Dinossauros reserva aventura e adrenalina para os turistas.

A área conta com dinos animatrônicos, isto é, dinossauros que se movimentam e emitem som. Todos eles espalhados pela mata, ao redor dos lagos e por entre as cachoeiras. Parecem até de verdade!

Além de curtir no solo a pé ou a bordo de um carro temático à la Jurassic Park, os aventureiros podem subir em uma ponte com 60 metros de altura, em uma área do Dino Adventure.

A ponte fica ao lado do Giganotossauro, um dos maiores dinossauros que já pisou na Terra. Em seguida, viaje pela tirolesa de 95 metros de comprimento e tenha suas imagens capturadas por um fotógrafo do parque, enquanto tem uma vista privilegiada do famoso T-Rex.

Se você tiver sorte, pode pegar Foz do Iguaçu em abril sem chuvas e curtir o Vale dos Dinossauros sob um simpático sol, espantando o frio. A propósito, a aventura já ajuda a espantar o frio por si só. Portanto, vai lá e tira a prova!

9. Saborear a culinária local no Dreams Motor Show

Não tem jeito e o frio te alcançou? Nada melhor que saborear um cardápio no Dream Motor Show. O local, além de ser um museu de motos clássicas e contemporâneas, também é um bar e restaurante temáticos.

Mas não pense que pelo tema das motos o espaço é restrito a adultos. É possível levar toda a família, de crianças a idosos, para curtir um cenário que mistura o estilo da balada, os eventos artísticos e a boa comida local.

Claro que, para os fãs de motocicletas, ainda mais customizadas, exclusivas e clássicas, o Motor Show se torna um evento à parte. Então, se você pretende fazer uma viagem a Foz do Iguaçu em abril, lembre-se de incluir esse bar, restaurante e museu em seu roteiro de viagens.

Clima e temperatura de Foz do Iguaçu (PR) em abril

Como mencionado, o mês de abril costuma ter poucas chuvas e uma temperatura que pode despencar 10ºC na madrugada e início da manhã.

Em contrapartida, quando o dia está ensolarado, é possível aproveitar uma temperatura máxima de 25ºC, o que, para Foz do Iguaçu, já é suficiente para espantar o frio.

Preços para visitar Foz do Iguaçu em abril

Os preços dos ingressos para visitar os pontos turísticos do Foz do Iguaçu vai depender de cada evento. O Templo Budista, por exemplo, tem entrada gratuita, enquanto o sobrevoo de helicóptero pelas cataratas do Iguaçu custa R$430 por pessoa.

Veja o valor dos ingressos de outras atrações mencionadas neste post:

  • Parque Dreamland (Museu de Cera, Maravilhas do Mundo, Vale dos Dinossauros e o Dreams Motor Show): R$94 cada atração, sendo R$47 para meia-entrada. O preço do Dino Adventure é a parte, custando R$80 (adultos) e R$40 (meia-entrada);
  • Parque das Aves: R$60 (inteiro); R$30 (estudantes e idosos acima de 60 anos); e R$10 (moradores do Foz do Iguaçu);
  • Marco das Três Fronteiras: R$33 + R$2 Fundo Iguaçu (inteiro); R$16,50 + R$2 Fundo Iguaçu (para crianças de 6 a 11 anos e idosos acima de 60).

Vale a pena ir nessa época?

Foz do Iguaçu é um dos melhores destinos para visitar em qualquer época do ano. No entanto, para quem gosta de assistir ao espetáculo das cataratas do Iguaçu sem se molhar tanto, o ideal é incluir em seu roteiro uma viagem em abril.

Inclusive, por ter menos chuva, você viu que selecionamos os melhores passeios para aproveitar o tempo friozinho – e os dias ensolarados de abril. Portanto, tem atração para o ano todo em Foz!

Vai incluir Foz do Iguaçu em seu roteiro de viagem em abril?

Para curtir as férias ou o feriadão de abril, Foz do Iguaçu é um excelente destino de viagem. Afinal, tem arte, cultura, gastronomia, história e aventura em um lugar que se divide entre o Brasil e a Argentina.

Apenas verifique os preços, dias de visitação e reservas de passeios com antecedência. Com exceção do sobrevoo de helicóptero – que não aceita reservas –, todos os outros precisam de pagamentos antecipados.

Gostou deste post sobre Foz do Iguaçu em abril? Então continue em nosso site Mala Pronta Foz para conhecer mais sobre os roteiros deste município do Paraná.

Boa viagem!